4

Lembre-se nos dias de chuva, que o Sol da justiça aquece você!

Exatamente hoje, faz uma semana que tivemos o prazer de comemorar numa festinha simples o aniversário de 10 anos da Victória, nossa primogênita. Desde que estamos em Recife eu não havia feito uma festinha para ela, e foi muito prazeroso organizar cada detalhe e vê-la curtindo tudo.

Me lembro que no dia da festa eu ainda não tinha providenciado os sapatos por causa de toda a correria típica, mas quando fomos buscar a roupa dela, na volta pra casa, ela falou meia sem graça: "Nem sei que sapato eu vou colocar, não tenho nada que combina!" Realmente não tinha, a Vivi está crescendo muito e seus sapatos deixam de servir numa velocidade que o bolso não acompanha! rs 
E acrescentou: "Mas eu sei que você já gastou muito comigo mamãe!"

Eu sorri por dentro. Mal sabia ela que eu conhecia a necessidade, que eu já tinha pensado como fazer e que a solução já estava dada, mesmo que ainda não materializada...
 
Depois do almoço corri no shopping e fui buscar o último detalhe: os sapatos! Ah como ela ficou radiante!

A noite foi deliciosa e eu registrei as cenas de alegria e euforia da minha menina-moça com muita gratidão ao meu Pai.

Gratidão por nos proporcionar esse momento, 
Gratidão por nos dar meios de celebrar com os amigos, quando em outros anos, nós não pudemos fazê-lo!
Gratidão pela saúde, por todas as aprontações dela (que não foram poucas, rsrs)
Gratidão pelo Milagre que ela representa, 
Gratidão pela vida!

Voltamos exaustos, mas com uma Alegria transbordante Nele.

No dia seguinte, fui trabalhar e Victória me liga no meio da tarde dizendo que estava passando muito mal. Fui buscá-la e fiquei impressionada quando a vi muito debilitada, chorando de dor de cabeça e dor nos olhos. Eu imaginei apenas uma virose forte. Como ela foi piorando e seu corpo ficou todo pigmentado, fomos ao hospital e eu levei um susto enorme com o diagnóstico: dengue hemorrágica!
Parecia mentira que um dia antes Victória estava pulando e fazendo estripolias...

Hoje, uma semana depois, repetimos os exames e ela está com a imunidade muito baixa. Poderia ter ficado internada, mas a médica preferiu que eu a trouxesse pra casa porque emocionalmente é melhor pra ela e por causa do risco de infecções. Enquanto eu a trazia do hospital hoje, o Senhor me lembrava: "Se você foi capaz de prestar atenção nos detalhes daquilo que era tão pequeno, mas importante pra você; quanto mais Eu minha filha!"

"Se vós, que sois maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais o vosso Pai celestial!" 
Lucas 11:13

Entre a alegria e a angústia eu pude sentir que Ele é o meu Deus.
Deus que me faz sorrir e Deus que me ensina a depender. 
Deus que satisfaz o desejo do meu coração e Deus que me satisfaz Nele mesmo quando meu coração fica apreensivo...  

Eu sei do meu amor pela minha pequena, 
mas se tratando de amor de Pai, ninguém nos céus ou na terra se compara a Ele!

Aproveite pra registrar nas tábuas do seu coração quem Ele é nos dias de sol, para que, quando a chuva chegar, você ainda saiba: ELE É O MESMO!!!

4 comentários:

Anônimo

Que texto real , quanta sutileza !
Aprendo lendo essas linhas que não basta está perto é preciso ter a sensibilidade pra preencher aquele pequeno "detalhe".
Seu texto me faz despertar de algo que estava literalmente esquecido por motivos superior, mas ainda sim acredito que dará tempo para correr atrás.
Márcia, quando se escreve ou se fala com a "alma" normalmente a resultante é a cura de outra "alma".
Desejo a você e sua família toda alegria dos céus sempre.
Eneile

Áurea

Ameiii, sábias palavras!

Era uma vez...

Olá Márcia a pedido da tia Áurea vim visitar o seu blog fiquei tão apaixonada que estou te seguindo e confirmo o que foi dito acima "qdo se escreve com a alma normalmente a resultante é a cura de outra alma" pois eu como educadora acredito que "qdo ensinamos com amor a resultante é aprender com amor"
Beijinhos Márcia amei conhecer o seu cantinho!

Márcia Slemer

Que coisa boa!!!
Fico muito feliz por suas palavras...
muito obrigada, que o Senhor aqueça sempre o seu coração e te use muito para fazer diferença na vida de grandes e pequenos!
Um gde abraço,

Postar um comentário