2

"Na casa do meu Pai tem comida suficiente"



É claro que eu sou suspeitíssima em falar, mas ainda me surpreendo com as respostas do Joshua!
Ele acabou de fazer 6 anos, mas sempre faz a gente rir com alguma frase inusitada. Hoje não foi diferente. Os dois, Joshua e Vic acordaram mais tarde, por causa do final de semana, o que torna a manhã corrida para o horário da escola. Foi aquela lamúria pra ir tomar banho, querendo feriado prolongado, (toda segunda-feira o estresse é grande! rsrs) Lá vem Maínha, que cuida deles desde pequenos; fazer dengo e tentar convencer Joshua a ser mais positivo: "Você precisa estudar rapaz, pra daqui há um tempo arrumar um bom trabalho e não ser como esses meninos que não estudaram e não tem futuro... Sem titubear Joshua respondeu pacificamente: "Na casa do meu pai tem comida suficiente!"

Não pude deixar de rir, nem tampouco ignorar a lógica dos pensamentos dele. 
Exatamente porque estava lendo as últimas páginas de uma autobiografia maravilhosa de Demos Shakarian. Um homem simples na literalidade mais linda que a palavra tem, uma vida entregue no altar do Pai, e uma história de jornada com Deus que muitas vezes trouxeram lágrimas aos meus olhos... Nada "perfeito", com ausência de dores e perdas, lágrimas e erros... antes, com tudo isso, mas uma linda história de Deus com o homem, e exatamente por isso, perfeita aos meus olhos!

Quando olho para as minhas expectativas, quando vasculho dentro de mim, vejo sonhos... se infantis, grandes ou impossíveis, não sei medir, só sei que são os meus sonhos. Gero cada um deles como gerei cada um dos meus filhos, numa espera única e ansiosa.

Olho para algumas pessoas que também me cobram passos maiores, resultados melhores, palavras mais profundas, ações mais dinâmicas, performance mais apresentável... mas quando olho pra mim hoje, tenho temor no meu coração... (olha o medo de novo)... sei das minhas incapacidades gritantes, sei dos meus pecados mal resolvidos, sei da minha fraqueza crônica, sei dos meus pés trôpegos, sei da minha fragilidade alarmante...

Olho para as minhas expectativas e expectativas dos outros e me encolho como a tartaruga dentro de si mesma: Eu não sei fazer, eu não sei nem buscar como deveria... eu não sei nem tentar ser diferente muitas vezes...

E é sentindo esse gosto azedo na boca que escuto um sussurro do Espírito Santo, quase rindo da minha cara: "Aprenda com seu filho. Aprenda que na casa do seu Pai tem comida suficiente!"

Quero rir da minha cara, mas não vou pagar esse mico sozinha, vou rir da sua também, porque se você é feito do mesmo pó, tem os mesmos medos infantis! rs

"Aprenda sobre mim diz Aba!
Aprenda que na minha casa entram os humildes de espírito... (Mateus 5:3)
Aprenda que na meus filhos são os loucos, os fracos, os desprezados, os incapazes, porque a Glória sempre será só minha e é meu o efetuar! (I Coríntios 1:27-29)
Aprenda que MEU não é o que faz, é o que se rende...
Aprenda que eu nunca andei lado a lado com homens perfeitos, porque nunca houveram, mas sempre  me dei por completo a um só filho, como se nem mais um filho houvesse...
Aprenda que ainda que nada demais aconteça,
Ainda que aos olhos humanos, você "dê errado": na minha casa tem lugar à mesa pra você e comida suficiente pra satisfazer a sua alma, 

PORQUE AQUI VOCÊ É APENAS FILHO E FILHO MUITO AMADO, NÃO IMPORTA O QUE ACONTEÇA!!!" 


2 comentários:

Anônimo

SIMPLISMENTE SEUS FILHOS SÃO LINDOS
ASS:GLAUCIA

Pensamentos Compartilhados

Ótima resposta do Jojo... se a gente tivesse mais essa convicção e confiança, nasceriam bem menos cabelos brancos rsrsrs

Postar um comentário