2

Natal...Esperança!


As vésperas do Natal, mesmo com afazeres, é impossível não perceber esse momento!
É impossível não voltar para o evangelho de Lucas que descreve minuciosamente esse advento, e não ser contagiado por ele...mesmo sabendo da questão da data etc... isso pouco importa... o que importa é "trazer a memória o que pode nos dar ESPERANÇA". (Lamentações 3:21)

É impossível não perceber as músicas natalinas até dentro de um 'mercadinho fubeca' e sentir alegria pelo acontecimento que mudou a história da humanidade e esperança porque continua sendo exatamente assim!

Amo o Natal...
Amo Celebrar o Natal...
Amo aquilo que ele reflete dentro de mim...

Porque olhar para o Natal é lembrar de cada sílaba anunciada pelo profeta Isaías, centenas de anos antes do fato consumado... e contemplar o êxtase que Isaías sentiu só pela certeza do que nós hoje vivemos:

"PORQUE UM MENINO NOS NASCEU,
UM FILHO SE NOS DEU, O GOVERNO ESTÁ SOBRE OS SEUS OMBROS;
E O SEU NOME SERÁ:
MARAVILHOSO,
CONSELHEIRO,
DEUS FORTE,
PAI DA ETERNIDADE,
PRÍNCIPE DA PAZ!
PARA QUE SE AUMENTE O SEU GOVERNO E VENHA PAZ SEM FIM
SOBRE O TRONO DE DAVI E SOBRE O SEU REINO,
PARA O ESTABELECER E O FIRMAR MEDIANTE O JUÍZO E A JUSTIÇA,
DESDE AGORA E PARA SEMPRE! O ZELO DO SENHOR DOS EXÉRCITOS FARÁ ISTO. " (Isaías 9: 6,7)

Porque olhar para o Natal é assistir na tela da minha imaginação a mais surreal das cantatas,
narrada em Lucas 2:13 "...e subitamente apareceu com o anjo uma multidão da milícia celestial louvando a Deus e dizendo: 'Glória a Deus nas maiores alturas e paz na terra entre os homens, a quem Ele quer bem!!!!' " ...pausa para o deleite...

Ele me quer bem...
Ele quer bem a você...

Ai como sou grata pelo Natal! Sou grata porque ele me remete ao meu resgate... Jesus veio!!!
Jesus veio porque nos quer bem! Jesus veio porque nos quis salvar! Jesus veio para fazer por nós, o que nós pecadores incuráveis somos incapazes de fazer... só Nele há saída e salvação para nós...

Talvez você esteja tentando me lembrar que tudo só foi possível na 'concretização' da Cruz... (conheço muitos dentro de igreja com problema de comemorar o natal... aff... eu não...)

Minha Bíblia diz que a maior festa de natal foi os anjos que fizeram e foi coleguinha indelével!!! Minha Bíblia diz que houve grande alegria e que a notícia se espalhou contagiando o coração de todos...
Minha Bíblia diz que até uma senhorinha que não aguentava mais com as próprias pernas aos seus 84 anos, é presenteada indescritivelmente pelo Pai (que lhe queria bem também) e ela ganha novo vigor e sai toda serelepe anunciando a todos os que esperavam a redenção...
(Lucas 2:36-38)
Minha Bíblia narra com detalhes de Simeão, homem que amava ao Senhor e que ESPERAVA a consolação de Israel... pausa... minha querida, não canse de esperar no teu Deus, porque Ele virá!
O Senhor tinha prometido a Simeão que ele não morreria antes de ver o Cristo.... e Deus CUMPRE o que promete aos seus filhos amém?

Fico extasiada quando leio: "e movido pelo Espírito foi ao templo; e quando os pais trouxeram o menino ao templo, Simeão o tomou nos braços...." que Deus é esse???

Que Deus é esse que não se esquece de nenhum dos seus filhos... nem dos velhinhos... nem de nenhuma de suas promessas... que Deus é esse que sussurra aos ouvidos talvez surdos de um homem... "Simeão, vá ao templo filho... tenho O MAIS LINDO E ESPERADO PRESENTE DE NATAL PRA VOCÊ!"

Simeão com a promessa nos braços e com o coração a ponto de explodir diz:
"Agora Senhor, despedes em paz o teu servo, segundo a tua palavra; porque os meus olhos JÁ VIRAM A TUA SALVAÇÃO, a qual preparaste diante de todos os povos:
LUZ PARA REVELAÇÃO AOS GENTIOS E PARA GLÓRIA DO TEU POVO DE ISRAEL!" (Lucas 2:25-32)

Eu sei que tudo foi Consumado na Cruz... mas a Vitória do Filho de Deus foi Celebrada quando Ele nasceu, quando Ele veio ao mundo para que o mundo fosse salvo por Ele.

"O ANJO PORÉM LHE DISSE:
NÃO TEMAIS: EIS QUE AQUI VOS TRAGO BOA NOVA DE GRANDE ALEGRIA, QUE O SERÁ PARA TODO O POVO:
É QUE HOJE VOS NASCEU, NA CIDADE DE DAVI, O SALVADOR,
QUE É CRISTO, O SENHOR!"
(Lucas 2: 10-11)

Aleluia!!! O meu Salvador! O que veio para mudar minha história...
o que veio para me livrar de mim mesma...
o que veio para pagar minha dívida impagável...
o que veio para me levar ao Pai, só Ele é o Caminho...
o que veio para curar minhas doenças da alma...
o que veio para me dar Vida e Vida em abundância...

Portanto, meu querido, minha amiga... eu desejo de toda a minha alma que esse seja o seu Natal mais cheio de Esperança e de certeza Naquele que já veio e que está totalmente disponível a você... sem barreira, sem medo, sem culpa, sem espera... aproxime-se o Natal já É!

FELIZ NATAL!!!




4

Bendize ó minha alma ao Senhor!




Enfim pude voltar aqui e compartilhar um pouquinho daquilo que o Senhor fez e tem feito...

Os dias que anteciparam a gravação foram cheios de expectativas e preparativos para aquilo que seria uma noite simples, mas muito importante pra mim... foram dias também de profunda reflexão e gratidão ao Pai pelos altares com Ele nesses anos!

Dia 07 de novembro não significou em nenhum momento uma 'gravação' daquilo que tantas vezes eu tinha feito... mas apenas uma 'gratidão' ofertada aquEle que mudou minha sorte...e assim foi.

Meu mano amado, César me presenteou com sua adoração junto com toda a banda, escolhida a dedo por ele e que ministraram aos nossos corações e adoraram a Jesus com todo o seu fôlego e amor... foi lindo demais te-los lá!

Muitas pessoas se doaram, serviram, amaram e fizeram desse momento seu culto pessoal ao Único que é Digno. Tenho certeza que o Senhor recebeu aquilo que foi ofertado de forma singular naquele lugar.

Estávamos cercados por pessoas que marcaram a nossa vida e nos fizeram tão bem... sentimos muita falta dos que não puderam estar lá, mas que de igual modo, nos amam!

Foi muito significativo testemunhar da fidelidade e do cuidado de Deus e ter ali do meu lado minha família, meu marido (sou muitíssimo grata ao Pai pelo cuidado e carinho de todos esses anos que eu recebo dele), e meus filhos - presentes de Deus que cantaram comigo "Pra sempre louvarei teu nome..."

E assim foi... eu não sei o sabor que teve pra quem lá esteve (sei de alguns obviamente) e nem sei ao certo o que vai gerar no coração daqueles que assistirem, mas sei daquilo que estava no meu coração... sei o que perdi no caminho e sei o que ganhei com o meu Senhor... sei quanto custou ao meu coração e sei que cada detalhe fiz apenas pra Ele, na nossa simplicidade e fragilidade o desejo do meu coração em todo o tempo com esse culto, foi dizer pra Ele:

"Sinta-se amado meu Pai...
Minha vida só faz sentido na tua presença... me conceda a tua Graça, porque ela, e apenas ela é melhor do que a vida!"

Fizemos a edição do DVD e ele enfim está pronto. Durante todo o processo pude perceber mais de perto o cuidado do Senhor em cada detalhe, foi tudo muito intenso pra mim e hoje, "apalpar" mais um fruto traz muita alegria ao meu coração.

Meu coração só traz uma palavra: Gratidão...
Gratidão ao Autor da vida, que não só me deu nova vida, mas vida nova...
Gratidão a minha família que é meu porto seguro nesta terra, sem eles não posso caminhar...
Gratidão aos meus amigos e irmãos que oraram, que estiveram, que não estiveram, mas desejaram estar e que nos amam sem reservas...
Gratidão a você que persiste em ler, rsrs, e que eu sei que faz da minha vitória, sua vitória também!

Como eu disse na última postagem, não sei o que virá daqui pra frente, mas estou bem quietinha, aguardando seu toque que nos move... porque sem Ele, nada é possível!

Que Abba meu querido te abençoe e te traga a memória tantos e tantos motivos que você tem pra agradecer e celebrar o seu Nome. É tempo! Tempo de recordarmos a nossa própria alma como o Senhor tem sido bondoso, fiel e gracioso para conosco!

"Bendize ó minha alma ao Senhor e tudo que há em mim bendiga seu Santo nome.
Bendize, ó minha alma ao Senhor e não te esqueças de nenhum só de seus benefícios.
Ele é quem perdoa todas as tuas iniquidades, quem sara todas as tuas enfermidades;
quem da cova redime a tua vida e te coroa de graça e misericórdia..."
(Salmo 103: 1-4)



2

Ficamos como quem sonha






"QUANDO O SENHOR RESTAUROU A NOSSA SORTE FICAMOS COMO QUEM SONHA.
ENTÃO A NOSSA BOCA SE ENCHEU DE SORRISO E A NOSSA LÍNGUA DE JÚBILO.
E ENTRE AS NAÇÕES SE DIZIA: 'GRANDES COISAS FEZ O SENHOR POR ELES'.
COM EFEITO, GRANDES COISAS FEZ O SENHOR POR NÓS, POR ISSO ESTAMOS ALEGRES!
RESTAURA SENHOR A NOSSA SORTE COMO AS TORRENTES NO NEGUEBE.
OS QUE COM LÁGRIMAS SEMEIAM, COM JÚBILO CEIFARÃO...
QUEM SAI ANDANDO E CHORANDO ENQUANTO SEMEIA,
VOLTARÁ COM JÚBILO TRAZENDO OS SEUS FEIXES!"
(Salmos 126: 1-6)


Esse Salmo descreve muito daquilo que o Senhor fez por mim e pela minha casa!
Como eu relatei na última postagem, mês que vem completam-se 10 anos do acidente que significou minha maior tragédia e também meu maior milagre!
Relatei também que nunca imaginei falar tanto dele e nunca quis ficar "lambendo minhas feridas" por aquilo que o próprio Deus já curou como só Ele sabe fazer! Antes, pelo contrário, meu coração está em celebração ao Pai por 1o anos experiências profundas com Ele, onde as marcas ficaram registradas na minha alma e também no meu corpo!

Só o Senhor pode converter a dor em alegria,
a perda em ganho,
a tragédia em milagre,
o vale da sombra da morte em pastos verdejantes,
o choro em riso!

Eu sinto que esses 10 anos fecham um ciclo na minha vida e eu quero agradecer ao Senhor, quero celebrar a sua bondade e a sua misericórdia não só para comigo, mas para com toda a minha casa. Faremos um culto de ação de graças na minha igreja, e o Senhor colocou no meu coração que esse era o momento de gravarmos o DVD do testemunho que há tanto as pessoas nos cobravam, (mas tudo tem seu tempo, rs).

Depois disso, não sei o que virá... mas que Ele faça como quer fazer: eis-me aqui!

Quero te agradecer de todo o meu coração por me acompanhar, por ler, por orar, pelo carinho... e te convidar também!
Quem sabe você não more em Recife e não queira estar lá, neste dia tão especial pra mim, agradecendo ao Pai junto comigo!

Dia 07 de Novembro ás 19:00 na Igreja Evangélica Congregacional em Piedade
Rua Antônio Ferreira Campos, 151 Piedade (Em frente ao Brasão)
tel: 9929-3683

Deus sabe que eu não estou preocupada com a 'gravação'... estou anelando pelo seu Espírito apenas... desejo que Ele ministre do seu Rio de vida sobre nós os sedentos, e traga a existência o que não existe não para que transbordemos apenas, mas para que sejamos sal da terra e luz do mundo!

Que o Senhor te abençoe meu querido, renove as tuas forças e restaure a tua sorte!




1

Compreendendo o "nada ter" e o "tudo possuir"!


Já faz tempo né? rs
Pois é, o tempo!
O tempo que é inflexível e não pára jamais!
Fiquei impressionada quando me dei conta de que esse ano completam 10 anos que sofri acidente.
Como o tempo passou rápido!
Ainda me lembro com perfeição dos traços dos meus pais, da personalidade perfeitamente definida de cada um na minha memória, de muitos momentos que dariam certamente um livro...
Também me lembro dos detalhes daquele dia trágico,
os revivo mesmo sem querer, muitas e muitas vezes,
mas de forma muito mais acentuada, vejo como um filme, a fidelidade, bondade e graça do Senhor em todas as coisas, em cada detalhe!

Engraçado reviver o desenrolar da história, quando eu jamais julgava que 10 anos depois ainda estaria testemunhando o que o Senhor fez.
Sim, porque nos meus planos, eu queria apenas agradecer a minha igreja local da época, a igreja dos meus pais e, mais umas duas que estiveram diretamente envolvidas no processo do acidente.

Então, ainda com pontos no cotovelo recentemente operado e andando com dificuldade, fui até a minha igreja (Primeira Igreja Batista de Santo Amaro- SP) e falei uma meia hora sobre a fidelidade de Deus e agradeci de todo o meu coração pelo envolvimento de cada membro na minha história... foi muito marcante pra mim aquele domingo! Eu ainda estava muito machucada e me lembro bem do pastor pedir aos irmãos que não me agarrassem, rsrs
Meus irmãos estavam lá também e todos nós ficamos profundamente comovidos.

Depois fui nas igrejas que tinha planejado e dei por encerrado minha missão nesse sentido!
Jamais imaginei que contaria tantas e tantas vezes e jamais imaginei que Deus fosse usar minha historinha pra Glória do nome Dele! (Falo historinha não banalizando, mas consciente de que é apenas mais uma história diante de tantas trágicas que a gente vê todo dia, minha dor não foi mais importante do que a de ninguém...)

Hoje, praticamente 10 anos depois, me sinto constrangida por Deus, constrangida porque em amor, Ele me deu muito mais do que eu perdi...
Na verdade, é como se hoje, eu conseguisse ver as cortinas abertas e finalmente entendesse de forma um pouco mais clara tudo o que Deus planejara.


"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR.

Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.


Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come,

Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei." Isaías 55: 8-11


Hoje tenho lucidez suficiente em dizer que minha Tragédia foi também meu maior Milagre, não apenas por aquilo que Deus me deu, mas por aquilo que Deus gerou dentro de mim. Sim, porque o maior milagre não acontece do lado de fora, mas no mais profundo da alma!

Hoje, amo muito mais a Deus do que amava antes,
Hoje, não tenho outra ânsia, senão viver pra Ele e conhecê-lo de perto, a partir das minhas experiências pessoais com Ele, e não a partir do que me contam sobre Ele... tem um pedacinho de uma música que diz assim:

"...Que ninguém me diga como é doce a sua voz... eu mesma vim prová-la!"

É isso, quero servi-lo de todo o meu coração, com todas as minhas forças e com toda a minha alma,
mas não quero fazer isso sem conhecê-lo...
falar em nome Dele sem intimidade...
repetir o que todo mundo fala... me recuso,
falar Dele deve ser consequência do "ser dEle"!

Larry Hein escreveu com muita ousadia:

" QUE TODAS AS SUAS EXPECTATIVAS SE FRUSTREM,
QUE TODOS OS SEUS PLANOS FRACASSEM,
QUE TODOS OS SEUS DESEJOS SE MURCHEM E DESAPAREÇAM
PARA QUE VOCÊ EXPERIMENTE A IMPOTÊNCIA
E A POBREZA DE UMA CRIANÇA
E CANTE E DANCE NO AMOR DE DEUS
QUE É PAI, FILHO E ESPÍRITO."

Chega a ser atrevido o desejo dele, mas como existe verdade no perder, no despir-se, na impotência, na fragilidade, na dependência... é quando nada mais resta que, o que realmente importa, começa a tomar forma e sentido na nossa vida!

Hoje, 10 anos depois, finalmente compreendo muito mais o que é perder pra ganhar... e num desses dias enquanto lia um livro, fui tomada pela convicção do que Jesus disse a Paulo em 2 Coríntios 12:10:

"Então Ele me disse: A minha graça te basta porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza...
...porque quando sou fraco, então é que sou forte!"

Ali mesmo, numa página em branco do livro, escrevi:

EU FIQUEI MELHOR
QUANDO ME PERDI PARA DEUS

EU ME FUI DEVOLVIDA
QUANDO TUDO ME FOI TIRADO

EU ENFIM ME VESTI
QUANDO FIQUEI DESPIDA DIANTE DE MIM MESMA

PASSEI A ENXERGAR
QUANDO A DOR ME CEGOU

ELE ME ACHOU
QUANDO FUI ROUBADA DO ALICERCE DOS MEUS PÉS
DO CONFORTO DO MEU MUNDO ESTÁVEL...

PASSEI A VIVER
QUANDO ME VI MORTA

ENXERGUEI AS CORES E A BELEZA DO ARCO-ÍRIS
SÓ DEPOIS QUE TUDO FICOU PRETO E BRANCO

DESCOBRI O DOM DA VIDA E SEU INESGOTÁVEL PRAZER
QUANDO NADA MAIS HAVIA

AMEI DE TODO O MEU CORAÇÃO A DEUS
DEPOIS QUE TUDO ME FOI LEVADO
E SÓ FICAMOS EU E ELE!

Eu não sei meu querido como estão as suas "estruturas", mas quero lhe dizer uma última coisa: Há tesouros preciosíssimos guardados no "NADA TER"...
Porque nada ter com Deus, é descobrir o "TUDO POSSUIR"!



1

Estranha ambição... ser caneca em Tuas mãos!



As vezes quando sento de frente pra esse computador e penso em você e oro por você e pergunto a Deus o que escrever... as vezes tenho vontade de ser minuciosa em relação a fatos e acontecimentos e as vezes tenho vontade de passar por cima de anos e chegar logo no ápice de tudo como se não houvesse mais tempo pra nós... nem pra mim, nem pra você... parece loucura e tem um pouco dela certamente, mas é fato também!

Nesse último ano, Deus tem mexido com minhas estruturas, abalado minha vida por dentro de tal forma que só Ele sabe e quem olha de fora talvez nem sinta sinal de um vento sequer... mas verdade seja dita, tudo isso é fruto daquilo que o Pai tem me feito enxergar e experimentar esses poucos anos condensados!

Como eu disse na última postagem, servir ao Senhor é ser servido, investir em vidas é ver Deus investindo em você... e hoje eu olho pra trás com outros olhos, vejo a honra que me foi dada.

Vejo a história da moça que eu nem tive a chance de conhecer, mas que conhecerei no céu... que estava internada em estado terminal e alguém lhe emprestou o cd do meu testemunho e ela pedia pra ouvir todos os dias até o seu último dia (aqui na terra) ... e ouço o Pai me perguntar:
"Que preço isso tem pra você?"

Vejo ainda o rosto daquele pai de família, cujo nome não me lembro, que estava no cursílio masculino e depois que testemunhei, veio encabulado falar comigo e profundamente emotivo ele me disse:
"Minha irmã, eu tive bons pais, não tenho nada pra falar deles, não posso desaboná-los... foram ótimos pra mim. Mas verdade é, que fui criado sem contato físico, sem abraço, sem carinho, sem aconchego e por ser assim comigo; fiz minha família e assim tenho educado meus filhos também.
Eles já são adolescentes e não são abraçados por mim... vão e voltam da escola... lágrimas desciam... quero te dizer que isso vai mudar na minha casa a partir de hoje! Quando eu voltar pra casa, vou abraçar meus filhos, minha esposa e vai ser assim daqui pra frente... queria que você soubesse disso...
e eu ouço o Pai me perguntar enquanto meu coração explode:
"Que preço isso tem pra você?"

Tenho ainda no coração os detalhes da experiência que tivemos no carro com um rapaz chamado Brasiliano que precisou voltar do Cursílio Masculino antes, porque sua avó tinha falecido e como o cursílio acontece num lugar distante, a equipe que nos levava pra casa, o levaria também. Brasiliano estava carregado de tudo o que não presta, resistente a Deus, fugindo daquilo para o qual o Pai tinha lhe criado, vivendo de migalhas e sofrendo na sua vida, casamento destruído, emocional em frangalhos, ele mesmo se achava escória do mundo, indigno... ali no carro, Deus foi nos direcionando, eu e Rosinha, que também dá testemunho nos cursílios da Nazareno, fomos ministrando sobre a vida dele, o amor do Pai que aceita o filho em qualquer condição e o ama incondicionalmente... e Brasiliano resistia, mas o Senhor queimava nosso coração com amor por ele e a luta espiritual era mais real do que a expressão carregada dos seus olhos. Enquanto os dois na frente oravam, minhas mãos seguravam firme as dele e olhando nos olhos do Brasiliano eu perguntei: "Brasiliano, você quer aceitar o amor de Jesus por você e se render a Ele?"
Brasiliano lutava contra si mesmo e suas cadeias e se livrando delas deu um grito dentro do carro:
"Quero! eu quero Jesus!"

Ali, diante de mim eu assisti um milagre... enquanto Brasiliano confessava seus pecados e todo mundo chorava, ria e se alegrava, seus olhos foram transformados! Todo peso, toda opressão, todo olhar duro, carregado, fora substituído, simplesmente, inacreditavelmente por um olhar dócil, livre, cheio de vida, esperança e brilho! Brasiliano queria descer do carro e sair correndo...
e ele dizia sozinho: "Caramba, eu aceitei a Jesus cara! eu aceitei a Jesus! Minha vida vai mudar!!!" Assim que ele se recuperou um pouquinho do 'êxtase', ligou pra esposa, de quem estava separado e disse que iria passar lá naquele dia ainda pra falar com ela... ficaram juntos de novo!
Deitar e dormir naquela noite foi uma tarefa demasiadamente difícil diante da minha alegria, euforia e diante do Senhor:
"Que preço isso tem pra você minha filha?"

Que preço tem ser coisa nenhuma nas mãos do que tudo é?

Isso me reporta a uma cena...

Não sei você, mas eu amo água de filtro de barro... me traz a memória minha infância em Alta Floresta. Geralmente ao lado do filtro ficava uma caneca de alumínio... bem característica desse cenário não é? Sim porque filtro de barro e caneca de alumínio são uma combinação perfeita como queijo e goiabada. A caneca geralmente por ser frágil seu alumínio e por cair no chão vez por outra, fica toda amassada, mais cedo ou mais tarde... ou não? Todas as que eu vi em outras casas, a história é a mesma... mas o bom mesmo é a água geladinha, não a aparência da caneca!
Fico brava quando vou na casa de alguém e pego a caneca tão "amaciada" e alguém corre e morrendo de vergonha troca por um copo de vidro "chique" do fundo do armário! Não quero o copo de vidro bonito e guardado, quero a caneca cheia de marcas, que deixa a água mais gostosa e que não se recusa a servir ninguém!

Fico pensando que é assim na nossa realidade também!
Ele é Água Viva, pura, cristalina, que traz vida, cura, que sacia os sedentos e a Glória é somente Dele e de mais ninguém!
Nós somos como canecas, frágeis... facilmente substituíveis sim, mas a quem Ele graciosamente quis fazer a "combinação de queijo e goiabada" pra servir a sua tão Preciosa Água, fonte de Vida!
Sim somos como a caneca, de aparência duvidosa, nada muito animador aos olhos Dele... caímos um monte de vezes no posto de "serventes", mas engraçado, de repente, contrariando regras, a gente vai tomando uma forma feia e ao mesmo tempo bonita... parecendo menos intactos, mas ficando mais útil, mais a cara do dono se é que você me entende. Porque quanto menos do formato original, mais usado se foi.... e é esse o propósito!

Isso me faz lembrar o que meu amado professor de Teologia Sistemática, Carlos Osvaldo dizia: "Água é Água! Mata sede servida num copo de cristal ou num penico!" Verdade! Olho pra dentro de mim e sem buscar muito lá dentro, já sei que copo de cristal está fora de cogitação... penico não me tornei apenas pela Graça!

E entre um extremo e outro... consciente de minhas incapacidades e do Rio de Vida que é meu Jesus, oro apenas:

"...me deixa ser caneca...
caneca de alumínio...
areada por tuas mãos...
a tua disposição, bem ali do ladinho
pra te apropriares quando quiseres
que os outros cheguem com sede e vejam ali a caneca limpinha
pronta pra ser usada e bebam da Tua água e matem a sede da alma
que o tempo passe e as marcas fiquem
marcas que tenham histórias pra contar
histórias silenciosas
de uma caneca amassada por mãos
caída muitas vezes no chão
mas que ainda assim foi usada mais uma vez
e outra, e outra, e outra...

me deixa ser caneca
que se refresca enquanto se enche da Água
eu não quero ser copo de vidro
intocável, no fundo do armário...
quero ser caneca!
Estranha essa minha ambição
mas pode sondar, e vais ver
que meu coração, só anseia
ser caneca em tuas mãos!"

Que preço tem meu querido ser caneca nas mãos dEle?

"Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da GRAÇA de Deus!" Atos 20:24

Como não podia deixar de ser... queria compartilhar com você uma música que tem me custado algumas lágrimas:

http://www.youtube.com/watch?v=115ruaYLreY


5

Ele nos serve com a Honra de sermos servos!


O retorno de Campina Grande realmente inaugurou um novo tempo ministerial pra mim.

Como eu narrei na última postagem, estava bem acostumada a testemunhar e sinceramente a princípio temia que meu testemunho perdesse o "prazo de validade", até que percebi que isso não era problema meu, e que Deus o validaria até quando quisesse para quem quer que fosse.

A coisa funcionava mais ou menos assim: indo a uma programação em alguma igreja sendo ela festiva ou não, lá mesmo recebia convites para ir a outras igrejas e assim fui caminhando por muitos lugares de diferentes denominações, usos e costumes também.

Joshua ainda era pequeno o que me fazia restringir minhas saídas aos finais de semana. Nesse interim, fui convidada a testemunhar numa rádio evangélica de longo alcance, chegando inclusive a cidadezinhas do interior pernambucano, com muitos ouvintes, o que foi pra mim realmente um privilégio. Tive dois dias seguidos na rádio, com espaço de 30 minutos em cada dia e pude contar detalhadamente todo o testemunho.

Daí em diante eu passaria a contar como nunca minha história para um público mais diversificado possível em dezenas de lugares, situações e experiências marcantes, traumatizantes, conflitantes e acima de tudo gratificantes e IMPAGÁVEIS!

Digo sem medo de errar que já rodei milhares de quilômetros e aprendi muito mais do que ensinei...
trouxe muito mais do que deixei...
cresci muito mais do que acrescentei...
recebi muito mais do que dei...
silenciei muito mais do que falei...

Fui em lugares extremamente humildes - um específico, com a porta tão estreita que eu tive que passar de lado... mas lugar aquecido pela presença de Jesus, de onde você não quer mais sair... tão estreito e tão grande!

Fui a lugares petrificantemente nobres... impecáveis... posturas perfeitas e gélidas que me faziam sentir imenso alívio ao chegar em casa! Gente farta e tão vazia!

Fui a lugares onde eu causava espanto por não ser conforme a "imagem e semelhança" que eles julgavam que eu deveria ser e assim permanecia até que eu testemunhava e podiam ver que eu era filha do mesmo Pai! Quanta ignorância nossa querermos colocar pessoas nos nossos moldes pouco inteligentes... [Aquele que fez a linda joaninha vestida de petit poá que merece nosso olhar de encanto, foi o mesmo que fez o desengonçado rinoceronte...e se agradou muito da multiface da sua criação!]

Fui a lugares cheios de gente importante, aglomerações, de saudações longas e tributo a tantos homens e seus sobrenomes... mas no final da coisa toda, uma sensação de que não havia estado ninguém mais no local, só homens mesmo... só um ajuntamento vazio para alimentar ego...

Fui a lugares perigosos, ambiente suspeito, mas onde vi Deus agir pela fome que as pessoas tem da verdade e do amor de Jesus Cristo... cada uma dessas vezes, voltei pra casa consciente de que eu ainda me importo muito pouco...

Ouvi Deus em lugares improváveis aos meus olhos...e não o senti nem de longe, onde tantas vezes eu podia jurar que Ele lá estaria...

"... O REINO DE DEUS NÃO VEM COM APARÊNCIA EXTERIOR.
NEM DIRÃO: EI-LO AQUI, OU: EI-LO ALI;
PORQUE EIS QUE O REINO DE DEUS ESTÁ ENTRE VÓS." (Lucas 17:20,21)

Muitas vezes o Senhor ministrou ao meu coração, não diante da eloquência da fala de um pastor ou de um grande homem que estivesse ali, mas através do canto de uma senhorinha desafinada com alguns dentes a menos na boca, porém com o coração completamente rendido a Ele que tinham o poder de me desmontar ao ponto, que eu queria enxugar o nariz com a manga do terno do poderoso chefão ao meu lado...

Conheci muita gente especial...
gente querida buscando a Deus com todas as suas forças...
gente sofrida buscando as bençaos de Deus e Ele se for conveniente...
gente mal acostumada, querendo os "docinhos" do céu e a "farra do diabo"...

Vi muita coisa, sei que não vi o suficiente, mas já vi o bastante pra sofrer, pra chorar, pra temer, pra questionar, pra amadurecer também...



Aqui eu não falo principalmente de pessoas, falo de instituições... tem muita gente 'desviada' das instituições que não estão desviadas de Deus.

Em todas essas coisas porém uma certeza foi norteando minha mente e meu coração: Eu em nada sirvo ao Senhor... é que Ele quem me serve com a Honra de ser sua serva!

Não é um "favor" que eu faço para Deus, até porque não faço coisa nenhuma, diante das necessidades de tantos que estão diante de mim o tempo todo... é pra mim um privilégio impagável contar de forma tão 'desafinada' o quanto a sinfonia da vida é perfeitamente harmoniosa nas mãos do grande EU SOU!

Quantas vezes fui a lugares onde só se falava em receber vitórias, receber bênçãos, receber da parte de Deus...e que Deus ia fazer, acontecer, mover, abalar.... e, sim, eu creio em tudo isso!

Creio que Deus muda situações num piscar de olhos, creio que Deus traz a existência aquilo que não existe humanamente, creio que Ele faz os mesmos milagres de outrora... sim creio! Mas inúmeras vezes, enquanto ouvia tudo isso, e via tanta gente quase decolar do chão (as vezes, veja bem, as vezes, buscando só isso de Deus)... ouvia também no recôndito do meu coração o Espírito:

"As vezes minha filha, a vitória é perder... perder pra ganhar... você entende não é?"
Uma lágrima silenciosa...
"Hum hum... acho que começo a compreender Senhor...!"

E assim, enquanto estava sentada me preparando pra falar, estava sendo ensinada... enquanto estava servindo... (risos), estava sendo servida! E fui colecionando experiências inesquecíveis e mui íntimas com meu Senhor... Nada rotineiro, nenhuma vez foi igual... nunca foi entediante... porque estar com Ele, é sempre voltar para casa com algum ponto 'alterado' por dentro... alguma coisa mexida, servi-lo é ser servido sempre!

Abrindo minha coleção, vou compartilhar uma linda com você e com ela encerro essa postagem.
Talvez você conheça Adhonep (Associação de Homens de Negócio do Evangelho Pleno), muito bem, essa instituição abençoada, também realiza eventos para mulheres, como chás num hotel. Já testemunhei em alguns deles e sempre foi maravilhoso, mas teve um específico que me marcou muito. Na véspera do chá eu adoeci e fiquei muito aflita porque não sei desmarcar compromisso nenhum... principalmente na véspera. No sábado, amanheci ainda pior e a suspeita era de rubéola. Eu estava mal... com febre, muita indisposição, algumas bolinhas vermelhas pelo corpo, náusea e não sabia o que fazer.
Liguei pela manhã para uma das organizadoras do chá e disse que provavelmente não iria. Como eu iria daquele jeito? E se alguém tivesse grávida? Seria até uma irresponsabilidade nossa!

Preciso te dizer também que o diabo não é só perito na mentira, ele é pai também das meias verdades... ele conhece a Bíblia muito melhor do que qualquer teólogo, e sabe usá-la para nos confundir inclusive. Bem, resta dizer que eu ouvia o tempo todo:
"Você não precisa fazer sacrifício de tolo, (Eclesiastes 5:1), até porque Deus não precisa de você... (e não precisa mesmo), alguém vai aparecer e dar outro testemunho..."

Do outro lado da linha, minha amiga ficou aflita... "Márcia, por favor venha... olha, ninguém vai adoecer... Deus sabe de tudo, mulher é sempre uma luta tão grande... nós vamos orar!"

Eu estava divididíssima entre meu mal estar, febre, náusea; meu sentimento de responsabilidade e certeza de que Deus podia intervir e me dar condições de ficar bem pra falar; e a sensação de ser uma idiota querendo provar pra alguém que Deus precisava de mim... veja que confusão interior!

Momentos antes eu me arrumei e fui consciente de que se eu não conseguisse falar, pelo menos eu teria tentado. Oramos com toda a equipe do lado de fora e ainda antes de entrar eu soube que entre as convidadas estava uma "mãe de santo". Algum problema com a presença dela? De maneira nenhuma! Mas havia ali uma força contrária que a acompanhava por legalidade...

Pela graça absoluta de Deus e nada menos do que isso, fui capaz de testemunhar e no final presenciar corações quebrantados na presença do Criador dos céus e da terra. Mulheres cheias de pose e pompa, agora com maquiagem esvaindo pelo rosto e o comedimento às "cucuias"!

Entre elas, uma moça muito bonita me chamou atenção. Ela veio falar comigo aos soluços depois de entregar seu coração a Jesus e me confessou que sofria de depressão profunda desde a infância. O pai morreu quando ainda era muito pequena e ela nunca conseguiu lidar com a perda dele. Era algo tão profundo que já tinha tentado várias vezes o suicídio...
Ela morava na região Centro Oeste e estava no Nordeste a passeio (sua tia era da equipe e me confirmou todos os detalhes depois) e naquele sábado de manhã, tinha saído do hospital onde estivera internada mais uma vez por tentativa de suicídio. Ela foi ao chá obviamente sem a menor intenção, atendendo a súplica da tia e me disse entre lágrimas grossas misturadas a rímel preto:

"Eu precisava ouvir sua história. Precisava ouvir de alguém que sabe o que eu perdi, mas ainda assim é feliz... eu só podia crer em Jesus partindo de alguém que tivesse experimentado a minha dor e você ainda perdeu seus pais e parentes... eu quero Jesus!"

Só mais um "ínfimo" detalhe: Adivinha quem era a mãe dela? (Resposta correta!!!)
Ela iria embora três dias depois... mas agora com Cristo no coração e uma nova história a ser escrita!

Tudo ficou claro pra mim num instante!
Não preciso nem dizer que não era rubéola coisa nenhuma, e que eu voltei pra casa sem nem lembrar o que tinha acontecido horas comigo...

Realmente Deus nunca precisou de uma gota pra provar o oceano,
Deus nunca precisará de mim e de você para coisa nenhuma coleguinha, mas entenda:
Ele decidiu te dar a Honra de experimentar o que é Servir ao Senhor dos senhores!
Haverão lutas sempre... mas o Banquete é servido pelo Altíssimo e haverá certamente lugar a mesa para os pequenos... para nós!

"QUEM QUISER TORNAR-SE GRANDE ENTRE VÓS SERÁ ESSE O QUE VOS SIRVA;
E QUEM QUISER SER O PRIMEIRO ENTRE VÓS SERÁ VOSSO SERVO;
TAL COMO O FILHO DO HOMEM, QUE NÃO VEIO PARA SER SERVIDO,
MAS PARA SERVIR E DAR A SUA VIDA E RESGATE POR MUITOS!"
Mateus 20:26-28




3

Surpresas no Caminho... apesar de nós!

Mesmo sendo tão simples o que eu tinha feito, e o que eu tinha pra contar, não foi nenhum pouquinho fácil concluir o cd. Fui convidada para uma conferência em Campina Grande (PB) e lá fizemos o lançamento oficial do cd, mas chegar com ele lá, foi o mesmo que parir um bebê depois de todas as dores numa interminável noite! Tudo aconteceu. A matriz do cd deu erro... o profissional que fez a capa teve problemas familiares de última hora... a gráfica não entregava a tempo para conferência em Campina Grande... o estúdio dependia da gráfica...eu precisava estar em contato com todo esse pessoal o tempo todo e estávamos sem telefone... sem carro... e mais um monte de detalhes que me fizeram enxergar que tudo que você realmente se propõe a fazer para o Senhor não vai acontecer num passe de mágica e não vai exigir de você menos do que suor e lágrimas!

Depois de todo o trabalho, finalmente no dia da viagem, horas antes, os cds chegam, o carro chega, (parece piadinha, mas não é) e pudemos viajar para Campina Grande.
Saímos de casa numa manhã de quinta-feira de setembro de 2005, eu, Rodney e Rogéria, nossos filhos ficaram com a Cícera, que é uma segunda mãe para eles e partimos.
Eu estava emocionalmente exausta, mas espiritualmente muitíssimo grata a Deus por Ele ter nos dado a vitória mais uma vez e pelo lançamento de algo tão singelo mas que eu lhe ofertava de todo o meu coração.

Chegamos e fomos direto para a Igreja Congregacional em Campina Grande, uma igreja enorme e repleta de gente. Nunca imaginei que seria assim, mas assim foi. Eu já vinha contando minha história há bastante tempo, desde quando ainda não conseguia ficar em pé e contava sentada nas igrejas... não era algo difícil demais pra mim, mas era novo!

Novo porque eu sentia que outras experiências nos marcariam dali pra frente e novas portas seriam abertas também! Havia um perfume que eu ainda não conhecia no ar e eu estava ansiosa.

Com mãos geladas e coração descompassado fui chamada ao altar por um Reverendo a quem quero muito, muito bem: Samuel Dionísio de Veras. Dei todo o testemunho, testificando com detalhes do poder de Deus e ministrando da vida dEle sobre pessoas e foi maravilhoso! Foi maravilhoso ver a cena se repetindo mais uma vez. Cena que eu já tinha visto tantas vezes e que eu veria ainda outras tantas... gente diante do Senhor!

Numa dessas vezes - enquanto contava minha história com sinceridade, verdade e amor (e faço apenas isso), ao contemplar essa cena a que me refiro, a cena de sempre: gente diante do Senhor, gente sendo tratada por Ele, gente sendo curada na alma, gente sendo quebrantada, gente sendo ministrada... - pude ouvir sua doce voz: "Contemple o que EU faço"
"Você está vendo?"
"Nada disso é você que faz, nada disso é você que produz!"
"O Meu Espírito é quem dá a vida, restaura, levanta, cura, ministra... você só precisa contar filha... apenas conte... apenas se disponha... apenas fale... apenas oferte o que você tem e o impossível eu faço!"

Deixa eu te dizer: Não tente se usar! Deixe Deus usar você! Deixe Deus ser em você!

Existe muita gente sincera, mas que quer dar uma "forcinha" pra Deus... quanta presunção da nossa parte imaginar que precisamos fazer assim ou assado... ou até imaginar que é quando estamos diante de pessoas; que quando a 'palavra da vez é a nossa', então podemos ser "usados"...
...e aí eu preciso abrir aspas pra interceder por mim e por você. Para que o Pai nos liberte da visão de acharmos que Deus quer nos usar. Não, Deus não quer nos usar. Deus quer ser. Ser em mim. Ser em você:
"CRISTO EM VÓS, A ESPERANÇA DA GLÓRIA!" (Colossenses 1: 27b) ... fecha aspas.

Fomos para a casa do pastor Samuel e Edileuza e fomos muito bem recebidos. O Rodney pegou o caminho da roça de volta e eu fiquei com a Rogéria. Foi um tempo maravilhoso ficarmos com aquela família tão especial, muitas histórias pra contar. Nesse ínterim fui dar testemunho também em Galante, numa igrejinha interiorana junto com a Rogéria onde Deus fez algo lindo.

O fim de semana passou rápido e eu estava desesperada de saudade dos meus filhotes, ansiando pela volta pra casa. Muito bem, no domingo de manhã, sentamos todos à mesa para o café, e eu já estava relaxada, com malas prontas e ar de "missão cumprida." A Conferência estava no seu último dia e um pastor convidado do Rio de Janeiro seria o palestrante da manhã e da noite. Antes que eu pudesse tomar o primeiro gole de café, pastor Samuel que é a criatura mais pacífica que eu conheço... (tanto pra dizer que você vai morrer amanhã, ou para anunciar que sua vovózinha lhe deixou uma deixou uma fortuna; ele vai usar o mesmo tom de voz) anuncia uma sentença: "Márcia, você vai repetir o seu testemunho hoje de manhã!"
E eu reajo fingindo naturalidade, mas engasgada com a saliva:
"Como assim???"
E ele prossegue com tal segurança que me desmonta:
"Sim, o público hoje de manhã é outro. Quero que a igreja ouça. Não perca oportunidades."
"Está certo." Era o bastante.

Quem escreveu "relaxada"? Nunca vou me acostumar e nem quero. O dia que eu tiver auto confiança tem coisa errada. Mas chegamos na igreja com meu coração dentro da xícara de café que eu não tomei. Fomos lá pra frente e por causa de toda a programação eu fui ficando mais tranquila. Fui chamada a frente e quando olhei pra todas aquelas pessoas, mais de duas mil ali diante de mim, um calafrio me percorreu a espinha. Uma sensação de medo. Uma vozinha cínica debochava: "Você está diante de uma igreja centenária, de pessoas de posses, renome... de advogados, juízes, gente importante...vai dizer o quê para eles?"
"Quantos acidentes não acontecem todo dia? Quanta gente não morre todo dia? Porque alguém se interessaria em ouvir mais uma história de milhares?"

E eu começo contando diante daquelas pessoas, e também pastores sentados atrás de mim, só homens, e uma sensação de fracasso enorme na mente... mas prossigo. Enfatizo os milagres e a intervenção de Deus... cantamos juntos "Rompendo em Fé" e no final vejo a igreja e aqueles homens, pastores, ali no plenário, ajoelhados, chorando diante do Senhor! O pastor que veio do Rio de Janeiro simplesmente disse: "Não era para eu falar hoje de manhã, Deus sabe que eu precisava apenas ouvir, estar aqui apenas para ouvir... eu fui tocado pelo Senhor!"

Aonde estava aquela voz que vinha para intimidar? Tinha fugido diante da presença doce de Jesus naquele lugar. Eu podia ouvir o meu Pai dizer: "você não precisa saber como os grandes sabem,esteja apenas em mim!"

"AO HOMEM QUE TEME AO SENHOR, ELE O INSTRUIRÁ NO CAMINHO QUE DEVE ESCOLHER.
NA PROSPERIDADE REPOUSARÁ A SUA ALMA, E A SUA DESCENDÊNCIA HERDARÁ A TERRA.
A INTIMIDADE DO SENHOR É PARA OS QUE O TEMEM, AOS QUAIS ELE DARÁ A CONHECER A SUA ALIANÇA." (Salmo 25: 12-14)

Meu querido, quero encerrar essa postagem desejando que você tenha entendido o propósito dela. Desde que comecei a escrever, tinha uma finalidade, mas não pude ter o domínio sobre minhas intenções e nem quero que seja assim, uma vez que minha vida e tudo o mais eu entreguei um dia a Ele.
Contei muito mais do que desejei em cada capítulo, abri da minha vida muito mais do que programei e quem me conhece de perto sabe que eu não sou um "livro aberto"... eu me estranho de estar fazendo-me um "blog aberto". Nada do que conto aqui, faço na finalidade de auto-promoção e exatamente por isso, fico constrangida as vezes. Mas faço-me assim para que a Glória seja somente Dele.

Para que você perceba que Deus se utiliza de 'ninguéns' fracos e pecadores como eu...
Se Ele fez isso por mim coleguinha, quanto mais não fará por você!
Para que você se desperte para o fato de que Deus verdadeiramente nos leva para uma Rocha mais Alta do que iríamos sozinhos.

"OUVE, Ó DEUS A MINHA SÚPLICA; ATENDE A MINHA ORAÇÃO.
DESDE OS CONFINS DA TERRA CLAMO POR TI, NO ABATIMENTO DO MEU CORAÇÃO. LEVA-ME PARA A ROCHA QUE É ALTA DEMAIS PARA MIM. " (Sl. 61. 1,2)

Para que você se alegre na verdade de que o Pai tem caminhos novos e surpresas lindas a fazer com pessoas incapazes, mas que o amam e que querem viver para Ele tão somente...

" PORQUE DESDE A ANTIGUIDADE NÃO SE OUVIU, NEM COM OUVIDOS SE PERCEBEU, NEM COM OS OLHOS SE VIU, DEUS ALÉM DE TI, QUE TRABALHA PARA AQUELE QUE NELE ESPERA!" (Isaías 64:4)

Pra que você saiba que com Jesus, nós não estamos imunes do choro e da dor... mas não ficaremos prostrados sem razão pra viver. Ele mesmo nos levantará e nos revigorará e viveremos diante Dele! (citação de Oséias 6:2)

"PASSAMOS PELO FOGO E PELA ÁGUA: PORÉM, AFINAL, NOS TROUXESTE PARA UM LUGAR ESPAÇOSO!" (Salmo 66: 12)

Há surpresas lindas no caminho...
E nesse meu caminhar com Aba eu digo sempre diante dEle que eu passaria por tudo de novo, só para conhecê-lo um pouquinho mais como tenho conhecido!
Continue em frente... Aba tem surpresas lindas pra você também!!!




0

Fotos da gravação no estúdio




1

Sonhos ganhando vida, forma e cor...




Na última postagem falei da minha inquietação permanente pra viver com sentido, pra sair do óbvio, pra experimentar o eterno... pra viver pra Ele tão somente.
Mas verdade seja dita, nós nem sempre esperamos que Deus nos ouça e faça algo por pessoas tão pequenas como eu e você. É sempre mais fácil crer que Ele se importa e se move na vida dos célebres, dos fiéis, dos grandes...

Numa manhã completamente comum, o Rodney me liga assim que chega no trabalho, com um tom de voz muito esquisito... uma mistura de surpresa e euforia.
"Márcia acho que devemos gravar um cd contando a sua história."
"Hum? De onde você tirou essa idéia assim de repente?" Estranheza? Não perplexidade mesmo.
Ele fazia voz de quem duvidava do que estava falando...
"Pois é, enquanto eu vinha pro trabalho, dirigindo, senti Deus falando comigo e me dando toda uma direção pra como fazer e o que fazer..."
A essa altura do campeonato eu precisava sentar porque minha mente de ameba não processa as coisas assim tão facilmente... essa criatura tinha dormido comigo, tomado café ao meu lado sem nenhum indício de loucura, saído pra trabalhar normalmente e meia hora depois me liga como alguém que teve uma reunião na sala celestial com o próprio Jesus, e recebeu dEle instruções!
"Meu nego pode me contar tudinho tim-tim por tim-tim..."

"Pois é, estranho tudo isso, mas o Senhor falou comigo. Me mostrou que esse cd vai chegar onde você não pode chegar... mas que ele vai alcançar vidas em diferentes lugares, vivendo diferentes situações... o propósito Márcia não é ganhar dinheiro, é expandir a mensagem do que Deus fez na sua vida, os milagres e a graça.
Vamos gravar um cd contando a sua história, eu vou falar também, (nem ele acreditava que estava dizendo que falaria também, em sã consciência, jamais faria isso) vou introduzir contando como foi receber a notícia e os primeiros momentos, a reação quando soubemos que estavam todos mortos, a expectativa depois que chegou a notícia que havia uma sobrevivente, mas não sabíamos quem era... até encontrar com você no hospital... depois você dá continuidade..."; e ele descrevia tudo como alguém que passou meses elaborando um projeto para finalmente apresentá-lo. Mas não tinha sido assim, ele mesmo estava surpreso com tantos detalhes dados num percurso de poucos quilômetros até a empresa. (Deus não se move no nosso tempo, com apenas uma palavra o mundo todo se fez...)

Resta dizer que tudo isso se apoderou de mim com muita certeza de que era Deus trazendo à existência o que nunca antes fora concebido e eu me sentia totalmente grávida desse projeto que viria a luz no tempo determinado.

Confidenciei tudo isso com uma amiga que eu sabia que tinha visão e que cria nos sonhos de Deus a nosso respeito... sim, porque nem tudo pode ser dito. As coisas de Deus são loucura diz a Bíblia e você precisa encontrar um louco Nele para abrir seu coração e contar os sonhos que Deus deposita em você. (Rogéria, quero mais uma vez agradecer por ter crido naquilo que Deus gerou em nossos corações e por fazer parte da minha vida de forma tão singular.)

Minha amiga resplandeceu num sorriso e os olhos em lágrimas quando eu narrei tudo. Pronto, ela estava contagiada também... e não sei contar literalmente como foi, mas alguns dias depois ela me choca com uma notícia: Encontrei quem vai gravar seu cd. Um amigo meu, homem de Deus, trabalha numa rádio, tem experiência de sobra com essas coisas e tem mais, quando eu contei a sua história pra ele, ele me disse simplesmente: "eu gravo de graça!"

"Gente, alguém viu minhas pernas por aí? Não to sentindo mais minhas pernas!!!"

Imagine que o mundo era pequeno pra conter minha alegria. Alegria por tudo que estava acontecendo assim de uma hora pra outra, mas alegria maior por ver as cortinas se abrindo finalmente e vislumbrar os propósitos e planos de Deus que não podem ser frustrados. Alegria por ver os céus se movendo e Deus trabalhando a favor de alguém tão ínfimo... "quem sou eu Senhor Deus, e qual é a minha casa, para que me tenhas trazido até aqui?" (2 Samuel 7:18)

Conhecemos Manu e Sônia, esse casal alterou nossas vidas. Eles acreditaram, se disponibilizaram, trabalharam, se doaram, sem nunca antes terem nos visto!

Com muita alegria nos receberam na casa deles num sábado de manhã. O Rodney e eu estávamos completamente sem graça, mas de imediato a recepção foi calorosíssima e eles nos deixaram muito a vontade. Manu tinha um estúdio em casa e já estava tudo pronto, assim na primeira visita. Manu experiente tratou de dizer logo: "Olha vamos fazer assim, Rodney você entra no quarto, fecha a porta e conta tudo sozinho, pode errar, pode falar o que quiser, conte tudo e depois é a vez da Márcia..." Lá vai o Rodney com cara de criança na primeira série, diante da primeira prova de matemática... ficou lá dentro duas horas, e eu imaginando que ele estava contando com quantos centímetros e quantos quilos eu nasci... na minha vez passei mais duas horas, contando a cor dos olhos e quantos meses mamei... kkk

"Por hoje é só!" Disse o Manu entendo que o desafio era longo... rs
No sábado seguinte, lá estávamos nós de novo, para agora fazermos a edição e transformarmos quatro horas de narração em uma só sem perder o foco do que queríamos transmitir. Cortes e mais cortes. Orávamos sempre pedindo direção de Deus. Manu foi muito usado por Deus em tudo. O discernimento vinha de comum acordo sobre o que deixar e o que jogar fora.
Alguns sábados foram necessários... Manu e Sônia, não tenho realmente palavras pra agradecer tudo o que fizeram por mim e minha família.

Durante esse processo, num desses dias, eu estava sozinha e senti o desejo de inserir a Victória de alguma forma no cd, queria que as pessoas que não nos conhecessem, soubessem pela voz dela mesma que o milagre era real. Mas ela só tinha quatro anos, como fazer isso? Da mesma forma que Deus havia direcionado o Rodney para gravar o cd, Ele ministrou ao meu coração: "Cante com ela."
"Mas eu nunca compus música alguma, apenas letra, nunca melodia...Além do que não tenho voz pra cantar coisa nenhuma..." foi minha resposta em pânico com medo de que isso fosse uma idéia fixa de Deus...
Óbvio que Ele ignorou o meu pânico e quase rindo da minha cara fez surgir um canto da minha boca. Inacreditavelmente eu cantava e escrevia ao mesmo tempo... simplesmente fluía...
Era a história da Victória sendo cantada como tinha sido escrita pelo próprio Senhor da história:

"EU NASCI PARA DIZER QUE MEU DEUS É DEUS DE MILAGRES,
EU NASCI PARA MOVER O IMPOSSÍVEL E CHEGAR AO SOBRENATURAL
EU NASCI PARA TESTIFICAR DE UM DEUS QUE FAZ INFINITAMENTE MAIS
ESSE É O MEU DEUS!

TU ÉS FIEL SENHOR,
TU FAZES COMO QUERES
TU ÉS MAIOR MEU DEUS,
NINGUÉM DETÉM O TEU PODER
TU ÉS O PRÓPRIO AMOR,
PRA SEMPRE LOUVAREI TEU NOME
TU ÉS ALTÍSSIMO,
AGINDO O SENHOR QUEM IMPEDIRÁ?
ESSE É O MEU DEUS!"

"Cante com ela"
Meu medo levantou da cadeira e deu lugar a uma profunda gratidão. A história não era só minha, a Vivi não somente era parte dela como daria continuidade aquilo que Deus começara em mim.

Fui então a procura de um estúdio musical. César, um outro grande amigo que é músico nos ajudou muito também. Ele passou a música pro rapaz do estúdio fazer o play-back e, no dia da gravação foi me socorrer! O Senhor tinha me dado direção para as partes que a Vivi cantaria, visto ser ela ainda muito pequena e eu cheguei lá resolvida a fazer como Ele me ordenara.
Gravei minha voz, César fez o back pra melhorar um pouquinho, rs, e depois Vivi gravou também.

Quando fomos ouvir, os dois músicos (o rapaz do estúdio e meu amigo), disseram que não ficaria bom a Victória cantar as partes dela sozinha, mas que cantássemos juntas. E agora? Fiquei numa saia justa entre o que Deus me dissera e a performance musical. Os dois foram incisivos e tinham mesmo razão... cedi. "Tá certo, então vamos fazer como vocês sugeriram, caso resolvido."

Foi só o tempo de chegar em casa. Quando abro a porta e entro, sinto um peso no meu coração e uma voz absoluta: "Você não fez como eu mandei. Não importa a estética das coisas Márcia, importa que você me obedeça, porque eu te disse que a voz dela fará toda a diferença. Então volte e faça como eu mandei que fizesse!"
Quase pude ouvir um anjinho debochado dizer: "Uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!"
E minha cara pra ligar pro rapaz do estúdio de novo?!

"Meu querido me perdoe, mas precisará ser feito como eu disse no início... preciso obedecer... mesmo que não fique como manda o figurino, é assim que tem que ser..."
"Ok Márcia, farei como você me pede..."

Assim que a prova ficou pronta pra ser inserida no cd original, o Rodney passou no estúdio pra pegar e chegou em casa na ponta dos pés e colocou o cd de surpresa. Minha voz era a mesma voz impotente de sempre, a voz da Vivi fininha e doce... mas havia por trás uma sensação que Deus opera nas coisas simples e efêmeras da vida...

No dia seguinte levei pra uma outra amiga ouvir, ela seria a primeira pessoa... minha cobaia... que medo da expressão dela ser de "remédio com açúcar"... ela foi ouvindo atenta toda a parte que eu cantava sozinha, estava compenetrada e eu não perdia uma expressão do rosto dela. Quando a voz da Victória soa, como num passe de mágica, minha amiga cai num choro descontrolado. Tão compulsivo que eu levo um susto. E assim ela permanece chorando por algum tempo, com as mãos encobrindo o rosto. Eu? Passadaaaa!
Enquanto isso, a mesma voz absoluta no meu coração:
"Esse é só um sinal das vidas que eu vou tocar usando sua história e a voz fina e doce de uma menina de quatro anos!"

Deixa eu te dizer: Deus se utilizará do que você tem nas mãos! Deus agirá na sua vida com o pouquinho que você é e com o quase nada que você tem a oferecer!

Deus não se importa com currículos, não se impressiona com quanto se tem no banco, não busca os eloquentes, nem os espertos, nem os grandes, nem os maiores. Deus é Deus de gentinha. Jesus andava entre os menores e chamava os 'coisa nenhuma' para experimentarem da sua vida e do seu poder.
*
"Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes; e Deus escolheu as coisas humildes do mundo, e as desprezadas, e aquelas que não são, para reduzir a nada as que são; a fim de que ninguém se vanglorie na presença de Deus!" (I Coríntios 1: 27-29)
*
Ele faz o que ninguém mais pode fazer e opera milagres que mais ninguém pode operar. Ele é quem traz a existência o que nunca poderia ser realidade para a Glória do seu nome.
Quero terminar deixando pra você um dos cânticos mais sublimes da Bíblia, Ana compôs, mas minha alma canta com ela também, rs...
*
"O meu coração se regozija no Senhor, a minha força está exaltada no Senhor; a minha boca se ri dos meus inimigos, porquanto me alegro na tua salvação. Não há santo como o Senhor; porque não há outro além de ti; e Rocha não há, nenhuma, como o nosso Deus.
O arco dos fortes é quebrado, porém os débeis cingidos de força. Os que antes eram fartos, hoje se alugam por pão, mas os que andavam famintos, não sofrem mais fome; até a estéril tem sete filhos, e a que tinha muitos filhos perde o vigor.
O Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz subir. O Senhor empobrece e enriquece; abaixa e também exalta.
Levanta o pobre do pó e desde o monturo exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são as colunas da terra, e assentou sobre elas o mundo.
Ele guarda os pés dos seus santos, porém os perversos emudecem nas trevas da morte, porque o homem não prevalece pela força.

Os que contendem com o Senhor são quebrantados; dos céus troveja contra eles. O Senhor julga as extremidades da terra, dá força ao seu rei e exalta o poder do seu ungido!" (I Samuel 2: 1-10)
*
Vejo sonhos antigos brotando do seu coração... não, você não está ficando louco, é Ele mesmo dizendo que os sonhos na sua vida serão reais!
veja esse link:
http://www.youtube.com/watch?v=cVCwVjtVJJA

Enquanto você escuta essa canção, escute também Ele cantando pra você...
0

Não é só viver... é também semear



Foi delicioso receber mais um bebê em casa e preencher o ninho...
Foi maravilhoso amamentar de novo, ver o cuidado da irmãzinha mais velha,
sentir o cheiro de 'tempo novo' no ar...

Tempo novo para os nossos corações,
No reino espiritual coisas se processavam... sempre se processam...
Não era notório, muito menos evidente,
Mas todas as vezes que eu consultava meu coração, ou melhor, quem mora dentro dele, eu podia ter certeza de que não seria sempre assim... que a chuva passaria e que o sol brilharia novamente.

Mais inquietante do que a nossa ainda delicada condição financeira, era a ânsia por propósito. Eu estava curtindo muito essa fase totalmente 'família' da minha vida, mas nunca consegui me livrar da pergunta: "Senhor o que farei da minha vida? Que marcas vou deixar impressas no coração daqueles que amo? Qual o sentido?" Nós morávamos no oitavo andar e eu me pegava muitas vezes na janela do apartamento questionando a mim mesma, minhas motivações, falando em silêncio profundo com Aba.

Viver por viver? Não, não podia ser só isso...
Esperar as festinhas dos amigos pra ter bons momentos? Medíocre demais...
Aguardar que alguém te faça feliz? Mas quem é que pode me saciar por completo? Eu também sou incapaz de fazê-lo...
Fazer da religião meu porto seguro? A religião sem a presença de Jesus é só mais uma prisão, seja ela qual for, até mesmo aquelas que falam o nome dele...
Depositar nessa vida as minhas expectativas? Essa vida é tão efêmera...

Senhor eu não quero ter meus pés enraizados no aqui e agora,
não quero formar meus alicerces neste solo passageiro e desesperadamente arenoso...
não quero me alimentar das aprovações dos outros, viver pra conquistar o que vai apodrecer com o meu corpo quando eu morrer...

Liberta minha mente de mim mesmo
Me deixa ser livre em ti
Livre pra correr só na tua direção
Livre pra colocar meus olhos só em Jesus
Livre pra me desapagar do mundo
Livre pra subir em teu colo como a criança desmadada que se aquieta nos braços de sua mãe...
Livre pra fazer pique-nique com o Altíssimo em dias de chuva e nebulosa tempestade...
Livre pra dançar contigo pelas notas musicais da vida, mesmo quando a letra da música não for a que eu escreveria...
Livre pra amar pessoas... quaisquer pessoas...
Livre Senhor pra não diminuir se eu não puder somar...
Livre pra me importar o bastante sem querer aplausos em troca...
Livre para apenas semear...

Sim, como o Semeador

"Eis que o semeador saiu a semear E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho e, vindo as aves a comeram. Outra parte caiu em solo rochoso onde a terra era pouca, e logo nasceu, visto não ser profunda a terra. Saindo porém o sol a queimou; e porque não tinha raiz, secou-se. Outra caiu entre os espinhos, e os espinhos cresceram e a sufocaram. Outra, enfim, caiu em boa terra, e deu frutos: a cem, a sessenta e a trinta por um."
Mateus 13: 3-8


Sempre ouço esse texto falando da semente. Tal qual a semente, alguns de nós ouvem sobre Jesus e ignoram, outros ouvem, ficam felizes por enfim conhecerem a verdade, mas os prazeres desta vida arrebatam o seu coração; outros ouvem, recebem mas não suportam as asperezas e lutas e desistem; outros ouvem, recebem e vivem para o propósito para o qual foram criados.

Mas nunca ouço sobre o semeador...

O semeador simplesmente sai a semear...
sai sozinho...
ele e as sementes que tem... você só pode semear o que tem dentro de si
e ele sai pelo caminho...
não semeia só em terra fértil...
ele simplesmente semeia...
semeia por onde anda...
semeia até entre espinhos... na esperança que alguma sementinha sobreviva...
semeia com liberdade...
semeia e segue...
semeia sem esperar frutos imediatos...
semeia sem reconhecimento...
talvez ele jamais veja algum fruto, mas eles estarão lá um dia, mesmo que ele não esteja...
nos terrenos inférteis, provavelmente nenhum fruto haverá... mas o semeador semeou...
o semeador vai andando e semeando...
sem olhar pra trás,
sem retroceder no caminho...
na companhia de ninguém...
ele simplesmente semeia!

Jesus, tu foste o Semeador
ensina-nos a sermos também!
Semeadores livres no caminho,
que não esperam aplausos,
que não esperam companhia (semeadores são solitários)
que não esperam resultados imediatos
que semeiam em vidas, sejam elas solos áridos, espinhosos ou férteis...
semeadores com grato coração
semeadores que enquanto semeiam tem os olhos no céu
semeadores que sintam tua brisa
semeadores que descansem a tua sombra
semeadores que enquanto semeiam bebam da tua fonte
semeadores que sabem bem que...
... "os que com lágrimas semeiam, com júbilo ceifarão!"
semeadores que sabem que...
"quem sai andando e chorando enquanto semeia, voltará com Júbilo trazendo os seus feixes." (Salmos 126: 5-6)

Torna Paizinho isso real em nossas vidas, apesar de nós mesmos Senhor...
Por tua graça e amor... faz-nos semeadores... semeadores da Tua vida, do Teu amor, do Tua salvação em Jesus... teus semeadores Aba... em nome de Jesus, amém.

... Não estou mais naquela janela,
mas continuo suplicando assim... por mim e agora também por você meu querido amigo semeador... quem sabe a gente se encontra um dia nos caminhos desta vida... se não, nos encontraremos no Grande Celeiro!










3

Quem pois conheceu a mente do Senhor?





Nessa fase da nossa história fomos profundamente marcados por Deus. Ele mesmo tinha fechado as portas, e Ele mesmo supria nossas necessidades. Um tempo de mãos vazias. Um tempo de experimentar o "nada ter" e o "tudo possuir". Sim porque não tínhamos de nossas próprias mãos o suficiente pra suprir nossa família, e a impotência diante das contas e necessidades, nos faziam adoecer por dentro, mas da mesma forma, passamos a assistir de camarote, a intervenção de Deus cada vez que as coisas ficavam insustentáveis.

" A Esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida" Provérbios 13:12

No meio dessa tempestade regada a medo e angústia, numa manhã enquanto tomava café com meu marido, ele me disse: "tive um sonho esquisito hoje."

"Que sonho?"

"Sonhei que você estava grávida, e era um menino... sonhei com o nome dele..."

Tudo que não podíamos ter era um bebê.

Primeiro porque eu tinha colocado uma tela no intestino, no lugar da musculatura do abdômen, depois do desmame da Victória. E o médico tinha sido muito incisivo quando disse que eu nem sonhasse em ter mais filhos. Músculos cedem, esticam, tela não. Me lembro do olhar do Dr. Evaldo, quase suplicando enquanto ordenava: "Mocinha não se atreva a colocar sua vida em risco outra vez. Você não tem idéia do que é esse seu corpinho por dentro..." Eu obviamente que não sou tão maluca assim, lhe garanti que ele podia dormir em berço esplêndido: não iria acontecer...
E segundo, porque mal tínhamos pra nós três, nossa vida estava totalmente instável e sem perspectivas... só se eu fosse insana.

Sorri com ironia pro Rodney ainda sentada no balcão da cozinha e soltei: "Já pensou?"
Ele bateu três vezes no balcão, se livrando supersticiosamente do pensamento. É óbvio que fez isso brincando apenas pra deixar seu protesto evidente.

"Tá maluca??? Não sabe que você morre se tiver outro filho, você é toda costurada esqueceu?"
Claro que eu não tinha esquecido, era só pra ver se ele teria um treco...
Deletamos o sonho absurdo da mente e continuamos em busca de dias melhores.

Precisávamos inclusive desocupar o apartamento... não era mais pro nosso bico. E agora Senhor pra onde vamos? Em momentos de muita aflição, enquanto orava a respeito disso, o Senhor ministrou ao meu coração que eu pedisse pra proprietária para pagarmos só condomínio e IPTU... as vezes Deus propõe umas coisas malucas né? E a cara de pau pra ligar pra uma senhora ranzinza e dizer: "Olha querida, eu queria te sugerir que só por uns tempos, a senhora me deixasse no seu apartamento pagando só o condomínio e o IPTU, o aluguel a senhora esquece... o que acha?" Não, você não tem noção??? E olha que eu sou cara de pau... mas era demais pra mim.

Mas a idéia era fixa, sabe quando Deus te constrange a fazer uma coisa? Meu marido já querendo me internar dizia: "sei não Márcia, seus parafusos cairam no acidente..."

Numa outra manhã de sol exuberante, assim que o Rodney saiu pra trabalhar, fui para o meu quarto, eu tremia só de pensar na insanidade que estava por fazer... li a Bíblia, orei pedindo que Deus passasse óleo de peroba na minha cara e liguei para a proprietária do apartamento.

Comecei pedindo desculpas por ter nascido, kkkk e falei bem rápido o que eu queria pra não dar tempo dela entender, e eu poder dizer a Deus que tinha obedecido. Mas ela entendeu e deu um grito no telefone: "QUÊ???"

Eu agora queria pedir desculpas antes de morrer de ataque do coração.

"VOCÊ ESTÁ ME SUGERINDO PAGAR SÓ O CONDOMÍNIO E O IPTU??? SEM NENHUM CENTAVO DE ALUGUEL?" Acho que ela pensou: 'Era só o que me faltava ouvir antes de bater as botas...'

Meu "É" saiu mais fino do que a voz de um filhote de rato...

Ela ficou muda por uns instantes (tenho pra mim que foi o tempo que Deus fazia um milagre...rs) e respondeu ainda perplexa como se nem ela mesma tivesse acreditando na sua resposta:

"Só por uns tempos né?"

"Sim, só por uns tempos"

"Ok então"

Se eu tivesse asas, não faria a menor diferença, estava saltitando pelo quarto e quase pelo céu também...

Liguei pro meu marido lá do céu: "Meu querido meus parafusos não mais existem, mas os de Jesus coleguinha, estão todos em dia!!!" Mais um altar com meu Senhor que eu coleciono na vitrine da minha alma!

Se passaram uns quatro meses, já era hora de 'desocupar a moita', também não vamos nos aproveitar da bondade dos outros né? A procura por um apartamento que podíamos pagar se intensifica; e no meio disso tudo começo a passar mal de uma hora pra outra. Minha orelha logo se levanta e eu penso com meus botões: "Não pode ser." Faziam poucos meses desde aquele sonho descabido e eu fiquei totalmente perplexa com a situação.

O inocente do Rodney nem lembrava mais do sonho, e eu temerosa lhe disse: "Acho que estou grávida." Se quando eu brinquei ele ensaiou um enfarte, agora podia enfartar mesmo!

"Márcia, não pode ser, você tá brincando né?"

Estávamos estupefados primeiro porque eu me prevenia, segundo pela minha saúde e terceiro porque não tínhamos como sustentar um bebê, não naquele tempo...

Fui fazer teste de farmácia completamente angustiada por todo o contexto enquanto o Rodney ia para o trabalho. Nunca vou me esquecer da cena, no banheiro. Antes mesmo que a linha vermelha que certifica que o exame foi feito corretamente, a linha vermelha que indica "positivo" já tava passando para a cerâmica do banheiro. Eu em pé, abaixei a cabeça na pia e chorei, chorei, chorei... Depois fui pra minha cama e fiquei desconsolada sem entender... porque um bebê agora?
Eu pensava em tudo, tinha medo por mim sim, mas tinha medo de não termos condições de sustentar outra criança, tinha medo do que os outros iam dizer: "esses dois sem um pau pra dar num cachorro, arrumam outro filho?", tinha medo do que seria... e enquanto eu chorava não querendo aceitar a gravidez, me lembro também com clareza do consolo do Espírito Santo que me disse com ternura uma frase que eu jamais esqueceria: "Essa criança trará muitas alegrias ao seu coração!"

Pausa para uma observação: embora minhas razões fossem autênticas, havia em mim falta de fé... depois de tudo que eu já tinha vivido com Deus ainda duvidava, como ainda temia?
Havia também ingratidão... inconsciente, mas havia. Deus me presenteia e eu recuso?
Me exponho pra você, porque quero focar luz em um detalhe:

Apesar de você, apesar de mim, Deus nutre sonhos por nós e os traz à existência mesmo sem merecermos coisa alguma das mãos dEle. Ninguém merece. Ninguém tem mérito pra receber coisa alguma das mãos do Pai. E sua bondade e misericordia ainda nos consolam num momento de ingratidão. Ele ainda afaga nossos cabelos e sussurra: "filho, eu sei o que estou fazendo, espere só pra ver, meus sonhos são muito mais altos do que os seus..."

Também quero ministrar uma coisa ao seu coração que o Espírito me traz a memória:

Não importa o que os outros pensam. Não importa o que os outros vão dizer. Os outros sempre vão dizer alguma coisa. E esses outros, se amassem você de verdade, não falariam de você pelas costas. Não importa as críticas que farão... sempre haverá gente no caminho pra balançar a cabeça e estalar os lábios em sinal de desaprovação... mas deixa eu te dizer uma coisa: ninguém é capaz de processar a mente do Senhor. Ninguém é capaz de rastrear os seus caminhos. Ninguém é capaz de farejar os passos do Altíssimo... portanto, se você está entregue em suas mãos, se sua vida foi devolvida a Ele num ato de consagração: dane-se o que os outros pensam! Isso mesmo, basta o que ELE pensa. E quem te ama mesmo, talvez não compreenda como nem você as vezes compreenderá, simplesmente ama e ponto final.

Muito bem, grávida de quatro meses, nos mudamos para um apartamento não tão distante e eu agora, sabendo que seria mesmo a última gravidez, passei a curti-la intensamente. O bebê, ao contrário do que foi a gestação da Vivi, crescia com vigor e quando fiz o exame já sabia que era o menino de quem Deus tinha nos falado. Estava grávida de sete meses, e ainda não havíamos comprado nada para o bebê... eu só orava e sonhava com um quartinho mimoso. As vezes Deus nos deixa esperar mais do que a nossa ansiedade pensa que suporta... mas jamais nos deixa desprovidos de graça, bondade e manisfestações de amor.

Meu marido vendeu suas férias e me deu parte do dinheiro - o que podia - pra eu ir a cidade. Com quase oito meses, finalmente fui comprar as primeiras roupinhas, banheira, lençóis, fralda... tudo que um bebê precisa e o dinheiro não era suficiente pra tudo, mas eu comprei TUDO e um pouco mais! Cheguei em casa exausta com meu barrigão e na mesma proporção feliz com meu amado Jesus que anuncia desde sempre:


"Não fiquem preocupados a respeito de coisas: O que comer, o que beber e o que vestir. Porque vocês já tem a vida e o corpo -e eles são muito mais importantes do que o que comer, ou o que vestir.
Olhem os passarinhos! Eles não se preocupam com a comida - eles não precisam semear, colher, ou guardar comida - pois o Pai celeste de vocês os alimenta. E para Deus, vocês valem mais do que os passarinhos.
Será que com todas as preocupações juntas poderão acrescentar um único momento à vida de vocês?
E porque ficar preocupados com a roupa? Olhem os lírios do campo! Eles não se preocupam com isso.
Até o rei Salomão, em toda a sua glória, não se vestiu tão bem como qualquer deles.
E se Deus cuida tão maravilhosamente das flores, que hoje estão aqui e amanhã já desapareceram, será que Ele não vai, com toda a certeza, cuidar de vocês? Vocês tem uma fé muito fraca.
Portanto não se preocupem de forma alguma com a necessidade de comida e roupa suficientes. Não sejam como os pagãos! Pois eles se orgulham dessas coisas todas, e estão muitíssimos interessados nelas.
Mas o Pai celeste, que vocês têm, já sabe muito bem que vocês precisam delas, e Ele as dará as vocês, se O colocarem em primeiro lugar de suas vidas.
Portanto, não fiquem preocupados com o dia de amanhã. Deus cuidará do dia de amanhã para vocês também. Já é suficiente a preocupação de cada dia."
(Mateus 6:25-34)


Ah meu querido, o Pai celestial é Deus de detalhes que não nos desampara e tudo o que temos vem de suas próprias mãos. Isso ficou definitivamente impregnado dentro de mim, quando fomos resolver a questão do parto preocupados com a carência, visto que era um plano de saúde recente... o parto foi marcado para o dia 20/07/2004... pasme e não duvide: a carência de 10 meses que o plano de saúde exige para partos vencia dia 20/07/2004... a minha médica, na véspera me disse: "nós até podemos fazer o parto no dia 20 Márcia, mas para que não haja nenhum tipo de problema, vamos fazer no dia seguinte. Joshua nasceu dia 21 às 7:00 da manhã com quase 4 kilos!!! Detalhe irrisório: Num dos melhores hospitais de Recife! Qual o nome do Hospital? ESPERANÇA!!! Minha tela no intestino e abdômen? Foi pro espaço... tudo solto de novo... kkk

Na hora do parto, Dra. Ita, mulher de Deus, assim que me 'abriu' e começou a retirar o bebê, veio meu intestino junto, eu passando mal com a pressão caindo e uma sensação de morte terrível. Ela com medo de lesar um dos dois começou a orar... só a cabeça do bebê pra fora e eu me recordo que o choro dele foi ficando fraquinho até que finalmente tudo deu certo. Dra. Ita aliviada desabafa de bom humor: "minha querida, mesmo que você não quisesse eu faria sua laquiadura... Márcia, você não tem noção da bagunça que é seu corpo por dentro, só quem vê percebe o milagre de Deus." Era a mesma coisa que Dr. Evaldo já tinha dito, e mesmo com o relatório dele, Dra.Ita me disse que não fazia idéia que seria como foi...

Enquanto estava no hospital, o quartinho do meu bebê ganhava os últimos detalhes, papel de parede e uma linda cortina verde...
Voltei pra casa com meu garotão numa felicidade que não cabia no peito. Quanto zelo, quanto cuidado, quanta bondade e graça do Senhor. Quando vi aquele quarto todo prontinho, simples e lindo, tudo combinando... puxei a respiração e senti o cheiro do perfume do Pai que presenteia como ninguém mais sabe fazer.

Quero terminar aqui, deslumbrada diante daquilo que me traz esperança e desejosa de que o Pai afague seu coração e sua alma com seu amor inigualável! Transcrevo uma passagem que considero uma das mais gloriosas na Bíblia:
*
" Ó PROFUNDIDADE DA RIQUEZA, TANTO DA SABEDORIA, COMO DO CONHECIMENTO DE DEUS! QUÃO INSONDÁVEIS SÃO OS SEUS JUÍZOS E QUÃO INESCRUTÁVEIS OS SEUS CAMINHOS!
QUEM POIS CONHECEU A MENTE DO SENHOR?
OU QUEM FOI O SEU CONSELHEIRO?
OU QUEM PRIMEIRO LHE DEU A ELE PARA QUE LHE VENHA A SER RESTITUÍDO?
PORQUE DELE E POR MEIO DELE E PARA ELE SÃO TODAS AS COISAS.
A ELE, POIS, A GLÓRIA ETERNAMENTE. AMÉM. " (Romanos 11:33-36)
*
Sim Senhor, quem pode conhecer a sua mente?
Quem pode avaliar do que tu és capaz?
Quem pode dar limites e fronteiras ao teu agir e a tua graça?
Quem pode te dizer até onde ir, como ir e porque ir?
Quem pode perscrutar o teu caminho na vida de um homem?
*
Eu louvo, exalto e adoro o seu glorioso Nome que é sobre todo o nome, porque só tu és Deus,
Porque só tu operas milagres e prodígios sobre a terra com grande poder e glória,
Porque só tu te importas com gentinha como eu, pequena, ingrata e mesquinha...
Porque só tu dás a Vida a quem não tem razão para viver,
Porque só tu avaliza, abona, investe em pessoas fracas e necessitadas de tua Graça...
te amo Pai,
te amo por tudo que foi, por tudo que é, e por tudo que ainda será...
TE AMO PORQUE TU ÉS A MINHA SALVAÇÃO!
*
Nome do meu bebê? JOSHUA
que significa exatamente isso:
DEUS É A MINHA SALVAÇÃO!!!

Se você quiser, aí vai a sugestão de uma linda música que exalta o Pai!
http://www.youtube.com/watch?v=TCPnihEYeO4